EDIEL, e-mail: edielunit@gmail.com | 12/12/2013 16:22:08 | Denunciar abuso

Muito bom o conteudo foi util no momento

Carminha Sampaio, e-mail: mdcsampaio@gmail.com | 16/11/2013 21:53:16 | Denunciar abuso

Excelente material.

Ronai Soares Nva, e-mail: ronainava@hotmail.com | 01/11/2013 14:23:41 | Denunciar abuso

Execêlente Material muito rico em desvendar o caso tipico faz com nós aluno podemos entender melhor as difencia entre caso tipico atipico doloso culposo causalidade etc.

joseano | 27/10/2013 18:55:29 | Denunciar abuso

adorei em saber o que é fato tipico e atipico

ingrydd enedina vinhal sousa | 12/09/2013 12:35:11 | Denunciar abuso

muito bom me ajudou muito no meu identimentoate ate mais.

kadson, e-mail: kadsonboy@gmail.com | 10/08/2013 13:48:46 | Denunciar abuso

Parabéns,pela oportunidade que voçes nos ofercem por uma boa interpretação.

Alberto | 23/07/2013 15:42:30 | Denunciar abuso

muito bom, simples e objetivo..

marcos | 21/06/2013 14:26:22 | Denunciar abuso

adorei ótimo

Raul Augusto Alves, e-mail: rafloresta@bol.com.br | 23/05/2013 17:26:43 | Denunciar abuso

Parabéns, belíssimo material, de grande ajuda..

Raul Augusto Alves, e-mail: rafloresta@bol.com.br | 23/05/2013 17:26:40 | Denunciar abuso

Parabéns, belíssimo material, de grande ajuda..

Thaina | 05/04/2013 10:29:27 | Denunciar abuso

Legal eim,mas faltou umas espécies de dolo indireto por exemplo..

Wanderley - Ribeirão Preto | 02/04/2013 11:10:25 | Denunciar abuso

Muito bom,consegui tirar algumas dúvidas. Abraços.

José Raimiundo Moreira, e-mail: josraimundom@yahoo.com | 21/03/2013 23:17:21 | Denunciar abuso

Muito bom!Didático, conciso. Escreva mais. ´Parabéns!

katia dos santos | 05/02/2013 01:05:00 | Denunciar abuso

Adorei e muito me ajudou. Abraços.

Francisco Audi Soares, e-mail: audisoares2008@hotmail.com | 04/02/2013 16:19:13 | Denunciar abuso

Excelente.Explicação simples e direta.

Larissa | 30/01/2013 14:18:16 | Denunciar abuso

ADOREEEII O SITE!!

Alexandre | 25/01/2013 18:38:38 | Denunciar abuso

Perfeita a explicação,assim fica fácil de compreender. Um abraço

Noemí Mangabeira | 06/12/2012 10:28:07 | Denunciar abuso

Muito boa abordagem, me ajudou muito

Angelo | 03/12/2012 21:41:25 | Denunciar abuso

Prezado José Marcio, O CP em alguns poucos casos adota teoria mista. As teorias são abordadas com o intuito de trazer ao leitor conhecimento sobre elas, até porque elas existem e são aplicadas em outros países, daí a possibilidade de fazer um estudo comparado sobre determinado crime em diversos países. abs. Angelo

José Márcio Moreira Vasconcelos., e-mail: jmarciomv@ig.com.br | 02/12/2012 12:40:19 | Denunciar abuso

Gostaria de saber por que são abordadas diversas teorias a respeito de diversos temas no Direito Penal, mas parece-me q o código penal adota apenas uma em cada caso?

Maria Luciana | 29/09/2012 16:00:49 | Denunciar abuso

Ótima aprendi bastante

Mirian | 26/09/2012 10:47:03 | Denunciar abuso

ajudou demais!!!!

Natália | 17/07/2012 18:21:27 | Denunciar abuso

Cadê a continuação??? Muito bom esse artigo!! Parabéns! :)

angelo | 16/06/2012 21:34:49 | Denunciar abuso

Erinaldo. Esta é essência do Direito, cada um com um ponto de vista diferente sobre o mesmo assunto. A própria doutrina diverge em vários aspectos. Há uma linha muito tênue entre dolo eventual e culpa consciente. É questão de interpratação do operador do direito que está julgando para atingir o princípio da busca da verdade real. De acordo com o instituto que elaborou a prova - CESPE - a alternativa correta é a letra D e ela não foi anulada...

angelo | 16/06/2012 21:26:14 | Denunciar abuso

Girlene, boa noite. O artigo referente a previsão legal ainda não foi revisado para ser disponibilizado no site, mas atendendo o seu pedido, resumidamente, previsão legal quer dizer que se o fato cometido pelo agente não estiver previsto em lei, este fato não será crime. Art. 1° do CP diz " Não há crime sem lei anterior que o defina. Não há pena sem prévia cominação legal." Por exemplo, até pouco tempo atrás, o estupro era configurado apenas para mulher devido a redação do artigo, ou seja, se o homem fosse estuprado não havia pena de crime de estupro para o acusado. É claro, que nesta hipótese, o acusado era enquadrado em outros crimes previstos no CP. Atualmente a redação do artigo foi alterada e o estupro é tanto para o homem quanto para mulher.

Erinaldo Carvalho, e-mail: eriunb@yahoo.com.br | 15/06/2012 23:28:37 | Denunciar abuso

Não concordo com o gabarito, aliás, acho que deveria, esta questão, ser anulada. Na culpa inconciente não se tem previsibilidade, assim não poderia se a letra D. Também pensei na A, porém vi que diz "observância" o que na verdade deveria estar escrito "inobservância"...

girlene almeida Itaberai, e-mail: girlenebatista2012@gmail.com.br | 15/06/2012 21:22:57 | Denunciar abuso

Dentro dos elementos do fato tipico, um deles e previsao legal. Gostaria de entender em sentido se refere essa previsao legal ? Aguardo resposta, D GIRLENE

Francisco Audi | 29/04/2012 23:58:51 | Denunciar abuso

Muito, muito bom.

Yury Rhander, e-mail: yury.adv@gmail.com | 02/03/2012 15:04:00 | Denunciar abuso

Muito interessante a abordagem sobre o tema rico em exemplos. Parábens

Edilson Oliveira | 23/02/2012 14:08:09 | Denunciar abuso

Parabéns pelo artigo. Muito interessante, rico e sintético. Muito útil para consultas.

Angelo Mestriner | 12/03/2011 14:21:08 | Denunciar abuso

Olá amigos. Este video complementa o artigo escrito. Ele foi feito pelo professor Luiz Flávio Gomes. O video fala sobre Culpa Inconsciente, Consciente e Dolo Eventual. Vejam o vídeo
abraços...